2 Comentários

Carmem Aine

Carmem é uma de minhas Protegidas.

20151117_210940

Tenho várias Protegidas e a relação que tenho com cada uma delas e extremamente personalizada. Algumas estão mais próximas e convivem  o meu cotidiano outras tenho contato mais eventual.

Muitas me pessoas perguntam o que é ser uma Protegida (o), creio que cada Dominante tem uma visão particular sobre esta definição, mas é consenso que o dominante age como uma espécie de mentor em relação ao protegido, procurando instruir e apoia-lo em suas descobertas.

Em minha definição, um protegido(a) é alguém que gerou empatia suficiente para despertar o desejo de ver e ajudar a desabrochar, seja ele submisso(a), Dominador(a), switcher ou apenas fetichista (ja aconteceu até de eu escolher um baunilha).

A diferença primordial entre uma protegida e uma serva é que a protegida tem a liberdade de agir por conta própria, tomar suas próprias decisões, se envolver com quem quiser, ir onde quiser e no máximo é aconselhada, quando pede auxilio.  O Protegido é responsável por seu próprio Caminho.

A serva tem seu Caminho direcionado, cada passo de sua trajetória é cuidadosamente orquestrado por seu Dono(a). A responsabilidade do Caminho que um servo segue é de seu Dono. (obvio que todo servo deve ter o bom senso de escolher bem a quem entrega sua confiança, aqui falo de uma entrega séria, profunda, transmutadora e constante, não apenas uma entrega que acontece eventualmente em sessões esporádicas, me refiro aqui a uma entrega plena e consciente).

O tempo que cada protegido fica comigo é muito relativo….

Tenho protegidas que estão comigo fazem muitos e muitos anos,  outras que ficaram apenas algumas semanas. Para ter um aproveitamento profundo de uma vivência como essa é impossível usar a cronologia como base de tempo. Por isso, em minhas vivências com meus protegidos tenho Kairós como padrinho e não Cronos… o que me permite  ter e proporcionar uma grande variedade de sensações e experiências em um curto período de tempo cronológico, também me permite reencontrar um(a) protegido que não vejo fazem meses e até anos e imediatamente reacender todo amor, carinho e cuidados que sempre tive, como se nunca tivéssemos nos afastado … também me permite sofrer menos com as decepções inevitáveis que a vida trás.

Tudo é uma questão de adequar o tempo de forma que ele esteja a seu favor e não você contra ele…  como dizia a antiga música   “…quem sabe, faz a hora, não espera acontecer…”

A Carmem Aine é uma dessas pessoas que sabem fazer acontecer…

Comecei com as cordas… eu sabia que ela estava com saudades de um certo nozinho…

20151117_231709

Realmente as saudades eram imensas…ela gemia e se contorcia, feliz com o reencontro.

Depois de molhar as cordas, começamos outra brincadeira

Que ficou bem divertida…

Para encerrar, um brinquedinho bem gostoso entrou em ação

20151118_000537

E foi só alegria…

20151118_000634

 

 

 

 

2 comentários em “Carmem Aine

  1. Muito bom. Adoro te seguir.

    Beijos

  2. Muito lindo e cheio de sensualidade. Isso só me dá prazer. Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: