2 Comentários

Nefer no Chat

12644651_505514936295555_6095908816190440102_n

Fui convidada por um grupo de Estudos sobre BDSM via WhatsApp para uma entrevista e salvaguardando a identidade dos entrevistadores, compartilho com vocês.

Para quem quiser adicionar meu  WhatsApp o número é : 11 997460075.

27 de janeiro de 2016
x: Tenho uma pergunta pessoal Sra. quantos subs teve ao mesmo tempo ?
NEFER: então…. de coleira, até hoje só tive 3 escravos…. mas tive muitos protegidos e protegidas…ainda tenho… no momento tenho 2 de coleira e 5 protegidas…
x: Sra que faz suas coleiras? São bonitas!
NEFER: minhas coleiras são feitas por meu querido amigo Walter Passarela. SR WZ
Também sou artesã, vez ou outra faço algumas caseiras
x: Sra existe alguma prática que ainda não realizou, mas gostaria de fazer??
x: Curte agulha?
NEFER: ainda não fiz agulhas….ainda não consegui romper essa barreira pessoal, gostaria de um dia conseguir.  Uma resposta pra duas perguntas…rsrs
X: A Sra possui algum limite rígido?
NEFER: meus limites são scat, marcas permanentes e praticas que utilizem sangue, sem ser em contexto extremamente definido e direcionado (fiz apenas 3 vezes em minha vida), zoofilia, pedofilia, necrofilia…e algumas outras parafilias que não me ocorrem no momento.
X: Gosta mais de sub homem ou mulher?
NEFER: não tenho uma predileção por sub homem ou mulher…gosto de pessoas…. o que me inspira é o interno…sexo do sub pra mim é indiferente
X: O que são protegidos?
NEFER: Protegidos são algumas pessoas, de ambos sexos, que podem ser Tops ou Bottons que escolho eventualmente para ajudar em seu desenvolvimento em relação a BDSM
x: Sra como costuma ser sua relação com suas protegidas?
NEFER: Tenho uma relação especifica com cada protegido(a) é extremamente pessoal, pode ou não haver relação sexual entre nós… cuidados e atenção tb variam de acordo com merecimento de cada protegido… raramente retiro a proteção…. apenas tenho “distancias” relativas a cada um, segundo seus esforços.
x: O que seria falha grave do seu sub?
NEFER: uma falha grave: Mentira
x: Qual a pratica que mais agrada a Sra. ?
NEFER: gosto de muitas práticas, não tenho uma preferida porque gosto de cada uma a seu tempo e contexto
x: Ja se relacionou com um Dom?
NEFER: sim, já me relacionei com Dom…sempre me relaciono, biblicamente falando …rsrs… com Doms, baunilhas… o que eu quiser, de acordo com meus desejos e consciência…sou livre.
x: Porque esse seu nick. Gosta da deusa do Egito a Nefertiti?
NEFER: Meu nick – Nefertiti – Rainha do Egito – Ishtar … Deusa babilonica a qual presto sacerdócio.
x: Controla seus subs?
NEFER: sim, controlo meus subs em níveis diferentes.
x: Aceitaria compartilhar sua posse?
NEFER: Gosto de comparitlhar minhas peças…. o unico problema é haver merecedores…
x: Na sua opinião quem seria hj a Dominadora mais Sadica do Bdsm depois de você
NEFER: ah…bem… então… nem me considero tão sádica assim…  pelo simples motivo que meu tesão termina se em algum momento a dor não acompanhar o prazer… e outras Dommes sádicas… bom… não vem nenhum nome de peso a minha mente no momento que eu possa falar com propriedade.
x: A procura por suas aulas cresceu depois dessa explosão de 50 tons?? As pessoas estão mais abertas ao assunto???
NEFER : ja tinha procura por aulas…depois dos 50 tons…meu inbox se encheu de curiosos… mas o aumento de cursos veio com a publicação da Revista Sexy do mês passado onde tem uma reportagem de 6 páginas sobre uma aula que dei a uma repórter.
E sim, creio que as pessoas estão cada vez mais abertas a sua sexualidade.
x: Poderia falar um pouco das suas aulas Sra?? Como é a dinâmica??
NEFER : as aulas são extremamente personalizadas, essas aulas podem ser para mulheres, homens ou casais, sempre há uma aula inicial onde faço uma avaliação para fazer um cronograma de acordo com as necessidades do ou dos alunos, a maior parte dos que me procuram, sao Dommes iniciantes, mas casais tem tido bastante interesse recentemente… primeiro faço uma avaliação da personalidade, dos interesses e qual a melhor forma de “vocabulário” para tornar as aulas mais dinâmicas
mesclo teoria e pratica na maioria das aulas.  Já os cursos e workshops, são com temas mais focados…
x: Nefer o que acha da hipnose e do transe dentro da dominação?
NEFER : A propria Dominação psicologica é em sí uma especie de hipnose. Os melhores dominadores e dominadoras tem noções básicas de PNL … e quando se esmeram… dão uma passadinha pela hipnose também.  O transe dentro da dominação pode ser atingido de diferentes formas, pode ser induzido não só através do psicológico, mas também através de práticas físicas…eu achava que isso não era possivel… mas o tempo e a experiência me provaram o contrario.
x: O que acha de praticas publicas como feminização e humilhação pública?
NEFER : gosto muito de feminização tanto em publico como em privado… já com humilhações… sou um tanto resitente, não curto muito, so existem dois caso que costumo utilizar: 1-  se é uma grande brincadeira.  2- se o botton me tirar muito muito muito muito do sério e merecer uma daquelas respostas ou frases que faz querer enfiar a cabeça no chão
 ou seja…humilhação pra mim…só se for muito na brincadeira…ou muito no sério…rsrsrs
x: Como se descobriu domme?? E qdo surgiu a idéia de dar cursos?
NEFER: Meu marido me apresentou o BDSM, mas quando eu conheci, foi mais como “dar nome aos bois” eu ja gostava de um monte de coisa, só não sabia que outras pessoas gostavam também…eu morava em interior…. quando vim pra São Paulo e conheci o SM me apaixonei de tal forma que larguei a estabilidade de emprego de carteira assinada pra virar Domme profissional…e agradeço todos os dias aos deuses por essa decisão…. os cursos…. foi mais por pressão do pessoal pedindo pra eu ensinar do que por vontade propria…. eu comecei juntando amigas em casa pra “tarde de chá” onde a gente discutia assuntos como sexualidade e BDSM e ai varios convites para dar palestras foram surgindo.
x: Quais as gafes ou erros comuns iniciais que a Nerfetiti observa que os Tops e bottons cometem no início da jornada?  
NEFER : erros de Bottons- chegar em Dommes como se elas estivessem ali sempre a disposição deles para realizar suas fantasias, esquecendo que são elas que realmente devem ser conquistadas, que são eles que devem se mostrar interessantes através da apresentação e da demostração e motivação de interesses…e não ficar falndo coisas do tipo “faça o quiser de mim”  “quero ser seu”  “me usa” e coisas do gênero.
erro de Top – chegar em subs como se esses fossem apenas peças em um mercado a disposição… não…eles não são…. se o interesse é o do Top…é ele quem deve conquistar…chegar dando ordens a quem nem conhece e no mínimo ridículo
x: Quais seriam seus conselhos para os iniciantes nesse universo, sra?
NEFER : Para iniciantes o melhor conselho é…. primeiro: se informe…segundo: se informe…terceiro: se informe um pouco mais…e ai só então pense em começar a praticar alguma coisa…. antes de tudo estudar e aprender a teoria do que se quer praticar é fundamental pra ter exito
x: Nefer você acha que a prática do SM está ficando muito banalizada?
x: Infelizmente vejo muita banalização do fetiche e do BDSM, mas vejo banalização de muitas outras coisas também…como saude, educação, qualidade de vida…. portanto não consigo perceber que este ou aquele item esteja mais banalizado que o outro…infelizmente a vida como um todo anda muito banalizada
x: A senhora acha possível uma submissa obediente virar uma domme?
x: Creio que qualquer submissa pode virar uma Domme ou switcher, desde que ela deseje isso.  o fato de desejar por sí só ja a coloca com uma energia neste sentido…a questão e se ela vai querer investir nessa energia e se terá quem a guie
x: Como podemos identificar ter essa “vocação”?
NEFER : quanto a identificar essa “vocação” …não sei como poderia explicar isso… é mais uma questão de personalidade…na grande maioria das vezes eu consigo identificar se uma pessoa pode ou não ter tendências a dominação…. mas é mais uma questão de intuição, não tenho paramentros que eu possa discrimar para exemplificar
x: Como você vê o bdsm no Brasil?
NEFER: O BDSM noBrasil esta bem atrasado em relação ao exterior, porém dá pra se notar aqui e ali movimentos que estão em busca de tirar o fetiche e o SM da obscuridade tratando-o como algo saudável e de engrandecimento pessoal
x: Há diferenças na abordagem do botton quanto a dominador ou domme??
Mulheres geralmente são mais sensíveis ou dominador é dominador não importando o sexo?
NEFER : bem…. diferenças em relação a abordagem do botton…não tenho como dizer ja que sou mulher e nunca nenhum botton se aproximou de mim como se eu fosse homem…rsrs mas creio …pelo menos imagino…. que bottons que sejam submissos tanto a homens quanto a mulheres tenham forma diferentes de abordagem devido a diferença de personalidade normalmente observada nos dois sexos
x: Na sua opinião o que difere um bdsmers do fetichista ?
NEFER : Fetichistas, em minha opinião, são “planadores”. Eles sobrevoam todo o cenário, podem até parar aqui e ali, se divertirem aqui e ali…mas na maioria das vezes preferem ter uma visão geral…. bdsmers costumam “colocar mais a mão na massa” se envolvem mais em cenas, costumam interagir mais em grupos e procuram criar situações onde possam praticar.
x: Vc e seu marido que é Dominador ja pensaram em dividir uma escrava?
NEFER: já fizemos isso algumas vezes, mas nunca foi nada por muito tempo…apenas sessões…mas recentemente…estamos pensando em ter uma menina para coleira em conjunto…. falta agora aparecer a sub que se encaixe no papel….
x: Como compara os bottons do início com os atuais? Ha muita diferença? E na sua opinião qual é o melhor?
NEFER: creio que os de antigamente se informavam mais antes de “partir pro ataque”. procuravam saber como se portar antes de abordar uma Domme…os atuais são mais impulsivos, mas isso é apenas reflexos dos tempos impacientes que vivemos na atualidade
x: O que não faria de modo algum?
NEFER : Varias coisas eu não faria de jeito algum…. chantagear um sub….  usar a inocência de um sub para parecer mais sábia…. infringir desequilibrio psíquico em um sub visando sua submissão…etc
x: Você nota diferença entre a dominação feminina (FemDom) e a dominação masculina (MaleDom)?
NEFER : sim…há diferença entre dominação feminina e masculina…vamos partir do principio que homens e mulheres agem de forma diferente em vários sentidos…como poderia se esperar que a maneira de dominar fosse igual?
Mulheres costumam ser mais ardilosas na dominação que os homens… mas isso é opinião extremamente pessoal.
x: Como se identifica uma alma submissa? 
NEFER: Muito se fala da “lenda” da alma submissa…. muitos tem o rótulo alma submissa como uma utopia…como algo que não pode ser real, porem devemos nos ater que poucas coisas neste mundo são exatas e imutáveis…. a pessoa pode ter uma essência submissa…e ai se diria que ela tem a alma submissa, mas por uma questão ou outra, por fatores externos, ela fica impedida de expressas essa submissão, isso quer dizer que ela não é submissa de alma porque não se ajoelha todos os dias diante de seu Senhor? Não! Uma submissa de alma em minha opinião é aquela que compreende em seu intimo que sua evolução entregue na mão de alguem que ela possa confiar será algo pleno, e justamente por esse algo pleno ela se entrega.
 Uma submissa de alma, em minha opinião é alguém que aceita com mansidão e alegria entregar seu desenvolvimento a alguém que ela confie que irá molda-la a ser melhor a cada dia, não só para seu Senhor(a) mas para sí mesma
x: Mas para ser melhor enquanto submissa ou na vida de uma maneira geral? 
NEFER:  Na minha opinião não da para separar uma coisa da outra…não dá pra ser uma submissa melhor se não se tornar uma pessoa melhor como um todo e vice-versa…. o crescimento só e verdadeiro quando é por igual… ok que existe cenas…sessões…mas um envolvimento de D/s vai alem disso, vai alem dos momentos de sessão…uma verdadeira D/s tranforma a Vida como um todo, melhorando todos os aspectos porque melhora a pessoa inteira e não aspectos isolados
x: Qual a diferença entre um sub e um sub de alma?
NEFER:  diferenciar sub de sub de alma…putz… difícil hem…legal seria vir com etiqueta do INMETRO, mas como não vem… a gente procura observar detalhes…postura, conversas, opinioes, formas de agir e pensar na forma geral…. mas de verdade de verdade… é dificl diferenciar logo de cara um sub que quer se entregar por seu prazer e um sub que quer se entregar por realização profunda alem do prazer emocional e sexual
x: O q melhora na nossa vida a submissão numa relação assim? Acho q ainda não alcancei essa profundida a q estão se referindo…
NEFER: nossa…tenho tantos exemplos que ta dificl escolher um….
vejamos…. um Top que saiba conduzir bem seu Botton irá aumentar sua autoestima, sua segurança pessoal em questões familiares e profissionais, vai faze-lo(a) se sentir cuidado, logo questões de carência (que todos nos temos) são minimizadas. Bons Tops conseguem trabalhar questões de traumas e pequenas deficiências de personalidade de seus Bottons
Um Top, por exemplo, pode, se quiser, fazer seu botton que esta acima do peso, emagrecer, gerando qualidade de vida, saude e auto-estima.
Um Top pode auxiliar em questões familiares, mesmo que não conheça os familiares de seu Botton pessoalmente, fazendo-se assim o porto seguro de seu Botton em momentos de tempestades familiares
x: Outra q não entendo pq subs encoleirados não podem ter amizades com tops na visão de um todo, pq tenho um Dom que me conhece plenamente, tem acesso não as minhas senhas e sim a minha essência e não se importa que eu fale ou poste algo.. Como é tudo muito novo não consigo entender de onde nasceu está “regra”
NEFER : Bem…esta postura varia de Top pra top… e tb varia de acordo com a instrução que cada Botton está tendo..
 Em minha opinião, não existe um motivo plausivel pra um Botton não ter amizade com qualquer outra pessoa, mas sou um tipo de Top extremamente aberta….  mas posso dar um exemplo de diferença de conduta de um mesmo Top com subs diferentes
No momento tenho 2 encoleiradas… Kore e Bruna  …. Kore e mulher… Bruna crosdresser
Ambas tem permissão pra ter amizade com quem quiserem…. Bruna tem permissão pra ter relação sexual com quem quiser…. Kore só tem permissão pra ter relação sexual com o namorado baunilha dela e com mais ninguem e isso tem sim um motivo e ao contrario do que muitos possam pensar, não é ciumes… no caso da Kore estou fazendo um trabalho muito profundo de despertar do feminino, que precisa ser feito cautelosamente passo a passo e qualquer energia estranha a esse trabalho neste momento poderia por tudo a perder, entao é um cuidado, não uma castração, na realidade.
x: Nefertiti, vc faz alguma preparação antes das litúrgias? E se sim, qual seria?
NEFER : sim, faço várias. Existe minha preparação pessoal…que eu encaro como um rito de embelezamento, do qual não abro mão, por isso não marco sessões em cima da hora, no minimo com duas horas de antecedência. Gosto de escolher com calma roupa, maquiagem, perfume, gosto de ter calma ao me embelezar, gosto de me curtir e me amar em frente ao espelho, gosto de sentir desejo por mim mesma com uma roupa X ou Y e se eu não estiver satisfeita com o resultado, troco de roupa quantas vezes for necessário até eu me sentir gostosa. Esse é um rito importante de empoderamento pra mim.
Quando vou receber um sub de sessão profissional, a sessão só começa de fato quando coloco a coleira nele…e isso é depois de já ter conversado com ele olho no olho…. normalmente o sub entra com a caixinha de tributo nas mãos…. entra em meus aposentos nu e de joelhos com a caixinha nas mãos, me passa a caixa e recebe a coleira….e ai sim a sessão começa.
Com subs que não são de sessão profissional os ritos variam.
x: Nefer o que acha de dominadores sem eticas em grupos?
NEFER : Dominadores sem etica tem um monte por ai…. subs sem etica tb…. políticos, médicos, advogados…. em todos os lugares e setores existem pessoas com e sem etica…. o BDSM não é uma aba privilegiada onde só tem os “bons”
x: Sra sua visão sobre a dominação destrutiva que muitas supostas dommes vem fazendo com subs…Por conta de dinheiroO diferencial entre dominatrix e exploração emocional submissa.
NEFER : Bem…. tenho visto isso muito mais do que eu gostaria…e falo dominação destrutiva não só referente a bens materias mas a questões emotivas e psicologicas também.  Em relação a questão financeira…. a grande maioria das Pró-Dommes que se vê por ai (essas que compram chicotinho no sex shop da esquina) não estão nem um pouco preoupadas com o BDSM em sí, muito menos com a Liturgia e a evolução do Botton, pra grande maiora é so um meio “facil e na moda” da ganhar uma grana a mais….. eu gostaria que não fosse…mas essa é a realidade atual, das que não compraram chicote no sex shop na esquina…dá pra contar nos dedos…mas essas são de dificl acesso e normalmente são extremamente seletivas e raramente aceitam novatos, sou uma das poucas que gostam de novatos e experientes.
São raras as pró-dommes que escolheram esta profissão por opção e não por falta de opção, portanto são raras as que verdadeiramente se aplicam de corpo e alma pra transcederem o que aparentemente é apenas um jogo sexual
quanto a exploração emocional….
Muitas pseudo dommes tem sua estima tão baixa que necessitam de um sub pra se acreditarem poderosas e através dessa visão equivocada acabam por deteriorar o emocional do sub, para que com isso possam parecer mais “brilhantes” a visão dele e de terceiros
FIM

2 comentários em “Nefer no Chat

  1. Adorei sua entrevista. Muito esclarecedora e competente. Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: